sexta-feira, 8 de maio de 2015

DIA NACIONAL DA MATEMÁTICA

No Dia da Matemática as professoras Márcia Valentini do 5º Ano B trabalhou "Quadrados Mágicos". Já as professoras dos 5ºs Anos A e C trabalharam Sudoku. A professora Tatinana  Chagas trabalhou com os 8ºs Anos A, B e C com Desafios Matemáticos, Batalha Naval (coordenadas) e Quadrado Mágico. Nos 9ºs Anos, a professora Márcia Madalosso assistiu, juntamente com os alunos, o filme "O Jogo da Imitação" (conforme sinopse e trailer    abaixo).

Como começou...


BIOGRAFIA DO PATRONO MALBA TAHAN

patrono
O escritor Malba Tahan, heterônimo de Júlio César de Mello e Souza, nasceu em 6 de maio de 1895, na cidade do Rio de Janeiro. Formou-se em engenharia civil pela Escola Nacional de Engenharia, mas que nunca exerceu essa profissão. Sua grande paixão era lecionar matemática no Colégio Pedro II, onde criou uma nova metodologia para tornar a matéria mais interessante e de fácil assimilação pelos alunos.

Entretanto não foram essas atividades e nem mesmo o seu real nome que notabilizou Julio César de Mello e Souza. Apesar de não ser árabe e de nunca ter ido ao oriente médio, dedicou-se a estudar a língua, filosofia e cultura dessa sociedade. Assim surgiu seu mais famoso pseudônimo: Ali Iezid Izz-Eduim Ibn Salim Hank Malba Tahan, ou simplesmente Malba Tahan.
 

Ele criou o personagem Malba Tahan por acreditar que um escritor brasileiro não chamaria atenção escrevendo contos árabes. Para dar mais verossimilhança à história criou também um tradutor para os livros, o Professor Breno Alencar Bianco.

Júlio César de Mello e Souza, com o nome de Malba Tahan, escreveu mais de 55 livros, entre eles "O homem que calculava", "Maktu" e  "Lendas do oási".

"O homem que calculava" é o seu livro mais conhecido. No estilo de "As mil e uma noites", Malba Tahan conta a história do calculista persa Beremiz Samir que em viagem até Bagdá mostra suas incríveis habilidades em solucionar problemas matemáticos.

Morreu no dia 18 de junho de 1974, vítima de um ataque cardíaco.

06 DE MAIO — DIA NACIONAL DA MATEMÁTICA

O Jogo da Imitação

Sinopse e detalhes

Não recomendado para menores de 12 anos
Durante a Segunda Guerra Mundial, o governo britânico monta uma equipe que tem por objetivo quebrar o Enigma, o famoso código que os alemães usam para enviar mensagens aos submarinos. Um de seus integrantes é Alan Turing (Benedict Cumberbatch), um matemático de 27 anos estritamente lógico e focado no trabalho, que tem problemas de relacionamento com praticamente todos à sua volta. Não demora muito para que Turing, apesar de sua intransigência, lidere a equipe. Seu grande projeto é construir uma máquina que permita analisar todas as possibilidades de codificação do Enigma em apenas 18 horas, de forma que os ingleses conheçam as ordens enviadas antes que elas sejam executadas. Entretanto, para que o projeto dê certo, Turing terá que aprender a trabalhar em equipe e tem Joan Clarke (Keira Knightley) sua grande incentivadora.



Para saber mais:






Nenhum comentário:

Postar um comentário