terça-feira, 3 de abril de 2012

Arte

ATIVIDADE Nº 19 – 100 ANOS DE CARMEN MIRANDA
Clique na imagem
Disciplina: Artes
Ano de escolaridade: 7º ano
Turma: 7A 101 e 7A102
Professora: Ceni
Conteúdo: 100 anos de Carmen Miranda
Programa utilizado: Internet e Power Point
Atividade: Pesquisa sobre a vida de Carmen Miranda
Objetivo:
  • Conhecer um pouco da vida de Carmen organizando os principais acontecimentos através de uma apresentação de slides.
Desenvolvimento:
Os alunos pesquisaram na Internet fatos que marcaram a vida de Carmen Miranda e em seguida selecionaram fotos que retratam sua carreira organizando-as em forma de apresentação.

Apresentação - Power Point



 

 

 

 

ATIVIDADE Nº 59 – CARTÕES DE NATAL


Disciplina: Português
Ano de escolaridade: III e IV fases - EJA
Conteúdo: Produção textual e ilustração
Programa utilizado: Power Point
Atividade: Confecção de um cartão de Natal

Objetivo:· Produzir com criatividade um cartão de Natal.

Desenvolvimento: Os alunos utilizaram-se do programa Power Point e criaram um cartão de Natal.

sábado, 10 de outubro de 2009


Atividades 05/10 a 09/10 – Professora Sandra

ATIVIDADE Nº 37 – ARTES MEDIEVAIS

Disciplina: Artes
Ano de escolaridade: 6° ano
Turma: 6A101
Professora: Ceni
Conteúdo: Artes Medievais
Programa utilizado: Internet e Paint
Atividade: Desenho livre

Objetivo:· Desenvolver a criatividade e empregar os conhecimentos sobre Artes Medievais.

Desenvolvimento: Após pesquisar várias imagens na Internet sobre arte medieval, os alunos utilizaram-se do programa Paint para expressar o que observaram e absorveram sobre as características da Arte Medieval desenhando castelos medievais.




Atividades 22/06 a 26/06 – Professora Isabéla

terça-feira, 10 de janeiro de 2012


Releitura: Cat and Bird - Paul Klee

Seguindo a dica da Revista Guia Prático de Educação Infantil conheci Paul Klee. A ideia da revista é fazer uma releitura da obra Cat and Bird (1928) já que ela tem elementos do universo infantil e trata de um tema próximo aos alunos: animais de estimação. Para conferir a atividade artística e seu passo a passo clique aqui.

Mas também é possível pensar em outras atividades! No site Rumriver Art Center há um passo a passo ensinando como desenhar a tela. Confira aqui:

Depois de desenhar dá para pintar utilizando materiais que proporcionem um efeito mais pastoso como aquarela e giz molhado. Quem sabe até produzir as tintas com elementos naturais como terra e folhas.
Para saber mais:
Sugestão de atividade:
http://revistaguiainfantil.uol.com.br/professores-atividades/95/artigo208691-1.asp
http://rumriverartcenter.blogspot.com/2011/12/artist-paul-klee-cat-and-bird.html
Que foi Paul Klee:
http://pt.wikipedia.org/wiki/Paul_Klee
http://www.pintoresfamosos.com.br/?pg=klee
http://educacao.uol.com.br/biografias/paul-klee.jhtm
Obras do pintor:
http://www.ricci-arte.biz/pt/Paul-Klee.htm
http://www.allposters.com.br/-st/Paul-Klee-posters_c25772_.htm

quarta-feira, 22 de setembro de 2010


Atividades com formas geométricas na primavera


Juntando os temas dos dois últimos posts, geometria e primavera, realizamos uma atividade em grupo e criamos nossos jardins:

1) Com os blocos lógicos, as crianças criaram flores livremente. Foi um ótimo exercício para a criatividade!

2) Em grupo, tiveram que decidir como seria o seu jardim.

3) Com o lápis contornaram as peças que formavam suas flores.

4) Com a têmpera deram vida e cor as suas obras de arte.

Depois de muito trabalho os jardins foram expostos no mural da escola. E a partir da observação do nosso trabalho criamos LISTAS de palavras sobre: O QUE TEM EM UM JARDIM. A partir das curiosidades das crianças estamos organizando dois novos projetos:
>> Quem mora no jardim?
>> Como é a vida das plantas?
Agora vamos criar novos grupos para investigar sobre as nossas dúvidas. Assim que tivermos feito algumas descobertas registramos aqui no blog!!!

sexta-feira, 26 de fevereiro de 2010


Atividades para a Festa da Uva - 1º ano - Parte 2

Trabalhar com a Festa da Uva está uma delicía!!! As crianças têm se divertido muito!!!

Depois de usar os cinco sentidos para experimentar essa fruta típica da nossa região: sentir a textura, observar os diferentes formatos, apreciar o aroma e, finalmente, o sabor, nós usamos a fruta para fazer arte.

Depois de degustar a uva, daquelas bem roxinhas, guardamos as cascas em um potinho. Com elas, as crianças pintaram um generoso cacho. O objetivo era preencher os grãos dentro do limite. O trabalho ficou um pouco "lambuzado", mas secou rapidamente. A vantagem é que também ficou perfumado. Depois montamos nosso "parreiral" na sala de aula e convidamos as pessoas da escola para nos visitar.




OUTRAS IDEIAS:

>> Fiz uma seleção de imagens pela internet e já agrupei mais de 800. Para baixar as imagens, clique aqui.

>> Você pode conferir outras atividades aqui:

http://bloguinfo.blogspot.com/2010/02/atividades-para-festa-da-uva-1-ano.html

Atividades para a Festa da Uva - 1º ano - Parte 3

A Festa da Uva continua na sala do 1º ano!!! Para exercitar a motricidade fina trabalhamos com massinha de modelar. Ao observar os cachos de uva percebemos que os grãos tem forma circular. Fizemos bolinhas de todas as cores e depois o desafio foi fazer uma uva com elas. Fiquei impressionada com a habilidade das crianças! Veja o resultado:


Uma boa alternativa é fazer a massinha com as crianças. Confira a receita abaixo:

>> 2 xícaras (cerca de 250 ml) de farinha de trigo;

>> 1 xícara (cerca de 125 ml) de sal;

>> água suficiente para dar consistência de pão à massa (pouco mais do que 1 xícara);

>> 2 colheres de sopa de óleo comestível. Se preferir, o óleo de amêndoa deixa um cheiro agradável nas mãos;

>> corante comestível de várias cores. Se optar por anilina, verifique se está escrito "comestível" na embalagem. É o mesmo tipo usado para enfeitar bolos. Outra opção é o coloral de origem vegetal ou pó de suco instantâneo.





OUTRAS IDEIAS:

>> Fiz uma seleção de imagens pela internet e já agrupei mais de 800. Para baixar as imagens, clique aqui.

>> Você pode conferir outras atividades aqui:

http://bloguinfo.blogspot.com/2010/02/atividades-para-festa-da-uva-1-ano.html

http://bloguinfo.blogspot.com/2010/02/atividades-para-festa-da-uva-1-ano_26.html

quarta-feira, 17 de fevereiro de 2010


Cartaz para a volta às aulas

Gosto de receber a nova turminha com um cartaz de boas vindas. Para esse ano separei duas imagens que eu gosto para confeccionar os cartazes. Eu usei o Blockposters para ampliar as imagens e deixá-las mais ou menos no tamanho de uma cartolina. A imagem fica "quebrada" em diversas páginas, por isso depois de imprimir é preciso remontar e colar as partes. Depois é só enfeitar! Se quiser aprender a usar o Blockposters clique aqui.

Mas para facilitar a vida de quem chegou aqui atrás de um cartaz, basta clicar na imagem desejada ou no link abaixo para fazer download do arquivo pronto para impressão:



Eu seleciono as imagens em preto e branco porque minha impressora não é colorida e porque eu adoro pintar! Ainda acrescento frases de incentivo e boas-vindas as crianças, que no caso do 1º ano estão pela primeira vez na escola.

E depois da primeira semana de aula eu costumo retirar o cartaz e confeccionar um com os alunos para fixar na porta da sala de aula.

domingo, 13 de dezembro de 2009


Atividades com LEGO

Sempre pensei que as peças de LEGO servissem para montar qualquer coisa, como costumamos ver pela mídia. Mas me surpreendi com as possibilidades... Lendo as atualizações do Craftzine descobri que podemos fazer muito mais... adicionando "partes" de papel, as montagens podem ficar ainda mais ricas e interessantes. E a imaginação é o limite!

Pesquisando sobre o assunto encontrei diversos links interessantes e inspiradores. Ideias para guardar e aplicar com os pequenos no próximo ano:

>> Muitas ideias: site altamente inspirador com muitos moldes. Clique aqui para ver as imagens (acho que o site é japonês, mas o que vale são as imagens).

>> Trenzinhos


>> Jardins e bonecos:


> Jacaré: veja os detalhes aqui.


Imagine o que as crianças não podem criar...

quinta-feira, 29 de outubro de 2009


Imagens da Bruxa Onilda

Para o Dia das Bruxas as professoras da escola estão preparando uma super surpresa para as crianças: encenar a história O CASAMENTO DA BRUXA ONILDA. Você quer conhecer a história? Clique aqui e confira também algumas sugestões de atividades.

Além das atividades (propostas aqui) também quero trabalhar com a produção de histórias fantásticas a partir das imagens da personagem principal: a Bruxa Onilda. E depois vamos ler as outras histórias dessa bruxa aventureira, que vive se metendo em confusões por todos os cantos do mundo.




Imagens originais retiradas do site http://www.lestresbessones.com/
Transformada em preto e branco no http://www.dumpr.net/sketch.php

domingo, 25 de outubro de 2009


500 atividades para o Halloween

Separei algumas atividades para quem vai trabalhar com o Halloween. São quase 500 posts agrupados no Google Reader. Para visualizar todos, clique aqui. E confira na sequência algumas das atividades que mais me interessaram:

>> A verruga da bruxa
Dica do Mundinho da Criança


Faça um desenho grande de bruxa num papel pardo. Dê a cada aluno um chiclete e peça que eles masquem bem mascadinho. Coloque o desenho da bruxa na parede e, um a um, os alunos são vendados, e, tirando o chiclete da boca, tem que acertar o nariz da bruxa. Quem conseguir, ganha um doce.

>> Sugestões do Jardim da Profª Sandra


>> Atividades para o Dia das Bruxas
Ideias da Cléa no http://professoraclea.blogspot.com


E aqui seguem as outras ideias que eu agrupei no Google Reader. Confira as primeiras dicas no quadro abaixo e visualize todas clicando aqui:


domingo, 27 de setembro de 2009


Atividades sobre gatos

Entre as poesias trabalhadas no livro Brincriar do Dilan Camargo as professoras Isadora de Artes e Arlete da Hora do Conto exploraram O Gato Nicolau e Pau no gato? Elas cantaram, dançaram, fizeram máscaras, ... com as crianças do 2º ano.

Além de trabalhar com os poemas do livro na sala de aula, eu resolvi ampliar a temática e explorar outros gêneros textuais. Comecei com Vinícius de Moraes na sua Arca de Noé (já publiquei atividades sobre o livro aqui). Trabalhei com o poema e a música: primeiro nós recitamos, depois cantamos e dançamos, imitando o gato da poesia:
O GATO
Vinicius de Moraes

Com um lindo salto
Leve e seguro
O gato passa
Do chão ao muro
Logo mudando
De opinião
Passa de novo
Do muro ao chão
E pisa e passa
Cuidadoso, de mansinho
Pega e corre, silencioso
Atrás de um pobre passarinho
E logo pára
Como assombrado
Depois dispara
Pula de lado
Se num novelo
Fica enroscado
Ouriça o pêlo, mal-humorado
Um preguiçoso é o que ele é
E gosta muito de cafuné
Com um lindo salto
Leve e seguro
O gato passa
Do chão ao muro
Logo mudando
De opinião
Passa de novo
Do muro ao chão
E pisa e passa
Cuidadoso, de mansinho
Pega e corre, silencioso
Atrás de um pobre passarinho
E logo pára
Como assombrado
Depois dispara
Pula de lado
E quando à noite vem a fadiga
Toma seu banho
Passando a língua pela barriga


Depois do poema do Vinícius de Moraes nós trabalhamos com rimas e palavras com G (lembrando que nem todos os meus alunos estão alfabetizados ainda). Se quiser, baixe as atividades aqui.

Também separei algumas atividades sobre GATOS na internet:

Do blog Carla e os Pigmeus


>> Imagens de gatos
Álbum da Gabriele no Picasa: dá para criar muitas atividades a partir dos desenhos para formação de frases e produção de textos.

>> Máscaras de gatos:
Coletânea de modelos retirados da internet

>> Gatos para colorir:
http://desenhoseriscos.blogspot.com/2008/08/gatos-para-colorir.html
>> Jogo online
Para divertir a garotada e criar estratégias para prender o gatinho.
>> Coletânea de atividades via Google Reader




Máscaras de gatos

Entre as atividades desenvolvidas a partir dos poemas O Gato Nicolau e Pau no gato? do livro Brincriar do Dilan Camargo as crianças fizeram máscaras de gatos. Veja alguns modelos retirados da internet:


Atividades sobre gatos - Mais ideias

>> O GATO NÃO CAI
Esse experimento demonstra a força da gravidade. É estilo "joão-bobo", mas feito com material de sucata bem simples e acessível. Essa ideia genial está no site do Discovery Kids. Além de visualizar, você também pode baixar o PDF e imprimir o molde. Clique aqui para conhecer melhor esse experimento.


>> Romero Brito
Esse fantástico pintor brasileiro retrata os felinos em muitas das suas obras. Tem até a Mona Cat - um charme! As imagens podem servir para muitos trabalhos, especialmente nas aulas de Ensino da Arte.

http://2.bp.blogspot.com/_pcg250gK2co/SJYgRC2VGEI/AAAAAAAAA34/zjItv1jairU/s400/imagem15.JPG
Ideia da Dagna no Sonho Lilás

quarta-feira, 23 de setembro de 2009


China-la

Dentro do Projeto Passaporte da Leitura , os alunos da turma 22 da profe Lilian ensinaram seus amigos, meus alunos, da turma 21 uma música muito animada.
Cante e brinque com a gente!
Isso é BRINCRIAR!!!





Fui na China-la
Saber o que era China-la
Se tudo fosse China-la
Ling, ling China-la

(Substituir China-la por Haley, clips e dancecê)

segunda-feira, 3 de agosto de 2009


Atividades com letras

Atualizando minhas leituras, encontrei essa ferramenta interessante no Blogica_Mente, da querida Teresa de Portugal. O ImageChef é mais uma dessas ferramentas que a gente pode integrar imagem, texto e movimento. Mas o que chamou minha atenção foi a possibilidade de brincar com as letras. Ótimo para estimular a escrita criativa dos alunos!

Com o MOSAICO DE PALAVRAS é possível escrever um comentário, uma frase ou um verso com formatos variados (coração, estrela,...) O formato pode combinar com o tema proposto.


Também pensei em criar uma atividade para as crianças responderem:

QUANTAS VEZES A PALAVRA MAÇÃ APARECE NA FIGURA ABAIXO?


Você pode publicar as imagens ou salvá-las e usar como quiser. Agora é só usar a imaginação. Clique aqui para conhecer o Mosaico de Letras.

Atividades com poesia

Continuando a série de ideias a partir do ImageChef (iniciadas aqui), apresento a POESIA VIRTUAL, ferramenta que permite "modelar" o texto no formato desejado. Veja a brincadeira que eu fiz com o nome dos meus peludos:


Mas é possível apresentar o poema (ou um verso, no caso) no formato do tema apresentado:

"Lua enevoada
o cão e sua solidão
caminham na estrada."
"O sol poente
despede-se lentamente
do ipê no campo."

Uma atividade que pode ser proposta é criar um verso sobre um dos símbolos disponíveis, usando a imaginação. Depois os versos podem ilustrar o site/blog da escola ou os murais das salas de aula.


Com os pequenos alunos, pode-se pedir que escrevam palavras sobre determinado tema, como "plantas". É um ótimo exercício de criatividade...

Para fazer suas próprias experiências, clique aqui.

quarta-feira, 29 de julho de 2009


Lembracinha para o Dia dos Pais

Provavelmente não comemorarei o Dia dos Pais com meus pequenos alunos este ano (por causa da Gripe A), mas inspirada por este mimo do ScrapBlog tive uma ideia!!! Adaptei um marcador de página feito de papel e o confeccionei com EVA - mais fácil de trabalhar com as crianças.

Depois é só usar a imaginação:

>> As crianças podem pintar as letras ou decorar utilizando outras técnicas - colando purpurina (brilhocola) e pequenos objetos do seu interesse.

>> Na área em "branco" pode-se escrever uma mensagem ou fazer um desenho - se usar EVA como base dê preferência as canetas permanentes para escrever.

>> Para dar um toque especial, pode-se usar fitinhas mimosas, retalhinhos de tecido ou ráfia na ponta.

PS: Eu usei um retalho de EVA que imita cortiça, mas as crianças podem escolher a cor preferida do papai!

Clique na imagem para ampliar.

Para ver a ideia original, clique aqui.

Garimpando meus arquivos no Google Reader, encontrei alguns links interessantes que compartilho aqui:

>> Baú de Ideias da Ivanise
Não podia faltar né!!! Sempre cheinho de ideias geniais!

>> Cartões e lembrancinhas do Cantinho Alternativo

>> Pra Gente Miúda
Como sempre, a Mari disponibilizou centenas de coisas fofas...

>> Amor em Ensinar

>> Aprender
Tem musiquinhas, mensagens, poemas,...

>> Painel Criativo

>> Espaço da Criança

>> Educar já
Adorei essa ideia...

Plaquinhas para Porta

Plaquinhas para Porta
~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~
Este ano criei novas plaquinhas para as portas da escola.

♥ Materiais: EVA, botões decorados, olhos móveis, cola quente, régua, tesoura e estilete. Palavras: cartolina, impressora e contact.
♥ Como fazer: cortar a base (21 X 28 cm). Dica para ficar "reto", use um molde em cartolina e corte em volta. Não meça no EVA porque ele é irregular. Para cortar reto, eu uso estilete e régua.
As tiras (em cima e embaixo) têm 2 cm de largura.
A palavra foi impressa em cartolina e plastificada (pode usar Contact).
Dispor os bonecos e o texto ANTES de colar.

 As imagens utilizadas para escrever o nome de cada sala
estão no meu álbum Picasa.

Veja os detalhes:
Clique nas imagens para ampliar.













Veja aqui outras plaquinhas que já fiz.

Organizado por Ivanise Meyer®

09/05/2009


Plaquinhas

Plaquinhas
..................
Fiz essas plaquinhas para minha escola.

♥ Materiais: EVA, bonecos em EVA, botões decorados, olhos móveis, cola quente, régua, tesoura e estilete. Palavras: cartolina, impressora e contact.
♥ Como fazer: cortar a base (21 X 26 cm). Dica para ficar "reto", use um molde em cartolina e corte em volta. Não meça no EVA porque ele é irregular. Para cortar reto, eu uso estilete e régua.
As tiras em volta têm 2 cm de largura.
As tiras em volta da palavra têm 1 cm de largura.
A palavra foi impressa em cartolina e plastificada com contact.
Dispor os bonecos e o texto ANTES de colar.
Sequência de colagem: contorno da placa, palavra, contorno da palavra, bonecos e enfeites (flores e etc).
♥♥♥


Esses bonequinhos são vendidos para decoração.













Em tempo:
Esses bonecos são vendidos em saquinhos.
Já vem prontos para serem utilizados. Eu não tenho o molde deles.
As flores são botões de plástico.
Organizado por Ivanise Meyer®

15/02/2009


Moldes EVA

Moldes EVA
...................

Clique nas figuras para ampliar.

Moldes dos bonecos do mural (menino e menina).
♥♥♥

Molde da boneca do porta-papel.
♥♥♥

Criação de Ivanise Meyer®

31/01/2009


Idéias para sala de aula

Porta-papel
de recados
♥♥♥♥♥♥♥♥♥♥
Materiais: porta-papel, EVA, cola quente, tesoura, caneta de retroprojetor, fitas, botões e olhos móveis.
Como fazer: Cortar o EVA que cubra a caixa (medir pelo tamanho da caixa) e colar.
Montar a bonequinha: cabeça, corpo e braços e colar na caixa. Colar os pés. Contornar com a caneta. Enfeitar com fitas e botões.




















Detalhes das caixas.



Como o braço fica soltinho, usei como "lugar" para colocar a caneta.
Ficou lindo, não é?!
Porta-trecos
♥♥♥♥♥♥♥♥♥♥♥




Materiais: caixa (box) plástica, EVA, botões, tesoura, cola quente e caneta de retroprojetor.



Dispor os enfeites e colar. Fazer os detalhes com a caneta.








Organizado por Ivanise Meyer®

26/01/2009


Idéias para sala de aula

Idéias para sala de aula
....................................
Olá, enquanto estou terminando meus enfeites deste ano, coloquei algumas sugestões de 2008.
Para encontrá-las, vá em ÍNDICE (no canto esquerdo da sua tela) e clique na palavra-chave.
Clique em: calendário

Clique em: lembrancinha


Clique em: mural



Clique em: enfeites
Organizado por Ivanise Meyer®

16/01/2009


Placa Seja bem-vindo

Seja bem-vindo!
♥♥♥♥♥♥♥♥♥♥♥♥♥♥♥♥♥♥♥♥♥♥♥♥♥♥♥♥
Fiz essa placa de "bem-vindo" para minha sala em 2009.
É um "recorte e colagem" usando EVA.
Materiais: EVA, cola quente, enfeites (olhinhos, fita, botões decorados, flores de EVA), caneta de retroprojetor, tesoura e tesoura de picotar.
Como fazer: A placa com a mensagem tem 15 X 22 cm. Eu comecei por ela, colando a borda. Depois montei o menino, a menina, a mão que está no meio faz o acabamento entre os dois.
No final, colei tudo em um EVA branco e cortei contornando a figura (deixando uma margem).
Colei uma fita (no alto) para pendurar.
Ficou lindinho!!!


Clique nos moldes para ampliar.
♥♥♥

Organizado por Ivanise Meyer®

06/10/2008


Dia das Crianças - Lembrancinha

Todo dia é dia
de ser feliz!
Feliz dia
das crianças!
Um beijinho,
Ivanise
12/10/2008
♥ ♥ ♥



Lembrancinha do dia das crianças
.......................................................
Porta-lápis
♥ Materiais: EVA (emborrachado), copo plástico, cola quente, palitos, detalhes em EVA (fita e florzinha), olhos de papel e caneta de retroprojetor.
♥ Como fazer: riscar as peças no EVA, cortar e colar com cola quente. A cabeça fica presa usando um palito como suporte. Fazer os detalhes do rosto com a caneta.
Atrás do boneco, eu colei uma etiqueta para dar acabamento (a mensagem é esta que está em cima das fotos).

Porta-lápis (menino)
A "roupa" está por cima do palito.

Detalhe das costas

Detalhe da lateral
1.º - Colei o braço na manga.
2.º - Colei a manga no copo (ficou pelo lado de fora).
Essa etiqueta deu um acabamento nas costas.

Minha inspiração...
Agradeço às amigas Jacirinha (Oficina de Criatividade)
e Sheila (Fazendo Arte na Escola II)
pelas idéias dos bonequinhos em seus blogs.



Enfeites prontinhos!!!
Coloquei balas enroladas em papel de bala dentro do copo.
O enfeite está dentro de um saco de celofane com
um adesivo para fechar o saco.


Origami
Dobraduras em Papel
~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~
Outra brincadeira que sugiro para as crianças
é o origami.
Além ser divertido ver as figuras surgirem a partir das dobraduras,
as crianças aprendem uma série de conceitos espaciais (matemática)
trabalhando com o papel.
Trago várias sugestões
de origamis tradicionais no
Baú das Dobraduras
(procure no índice):
http://baudasdobraduras.blogspot.com/
Organizado por Ivanise Meyer®

23/07/2010


Bolhas de sabão

Bolhas de Sabão
~~~~~~~~~~~~~~~~~
Essa é uma brincadeira muito interessante,
pois conseguimos belos efeitos com as bolhas de sabão.
Para fazer bolhas grandes e duradouras,
eis uma receita que já fiz e deu certo:
5 litros de água
500 ml de detergente (de boa qualidade)
250 ml de glicerina
Misture em um balde,
mexendo os ingredientes devagar.
Coloque em um copo plástico
e faça as bolhas usando um canudinho.
Dica para preparar o canudinho
para a água com sabão não ser
engolida pela criança:

Organizado por Ivanise Meyer®

08/02/2010


Dicas para os Pais


Olá, visitantes do Baú de Ideias!
Tenho uma novidade para vocês.
Hoje participei da matéria no RJTV 1. ª edição / Rede Globo falando sobre
Dicas para os pais sobre brinquedos e brincadeiras
na Educação Infantil.

Confira:



"O RJTV conversou com nenhum estúdio Ivanise Meyer, Especialista em Educação Infantil da Rede Pública de Ensino, que deu dicas para os pais estimularem o aprendizado dos pequenos."

♥ ♥ ♥

Se você quiser LER a conversa no Chat:

Se você quiser OUVIR nosso bate-papo no Chat:

07/02/2010


Artigo: Brincar na Educação Infantil

Brincar na Educação Infantil
~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~
Artigo de Ivanise Meyer

Brincar, brincadeira, brinquedo e jogo. Serão sinônimos? Será a brincadeira apenas mais um "recurso didático"?
Com os avanços dos estudos sobre a infância em vários campos, como a Filosofia, História, Psicologia, Sociologia e Antropologia, é possível delinear nossos referenciais e orientar nossa prática cotidiana
entendendo que brincando se aprende a viver.
Brincar & Viver nasceu como uma proposta de trabalho porque os pais das crianças de minha turma entendiam o espaço da escola como um lugar "só" para brincar, como se brincar fosse algo destituído de significado e importância:
"O objetivo geral desta proposta é valorizar a brincadeira como forma de expressão que traduza a construção dos conhecimentos pela criança, vivenciada pela turma, em grupos ou individualmente. A diretriz é garantir um tempo/espaço para o brincar, garantindo à criança, cidadã produtora histórica e cultural, o direito à infância." (Meyer, 2003, p.43)

O brincar na escola se diferencia de casa, pois há uma intencionalidade planejada. Ao escolher quais brinquedos e jogos estarão disponíveis, revelamos nossa preocupação em propiciar que a criança ao brincar desenvolva o máximo das suas potencialidades. Lembremos que em uma Educação Infantil com função pedagógica, onde o educar e cuidar são as metas, o brincar deve evitar ser "excessivamente pedagogizado", pois o brincar precisa dar prazer e alegria à criança.

Brincar é uma linguagem, nossa primeira forma de cultura. Ao brincar, a criança brinca com a cultura. O que podemos oferecer à criança na Educação Infantil? Professores e pais podem propiciar boas experiências quando propõem brincadeiras:

- Brincadeiras tradicionais infantis: a função dessas brincadeiras é perpetuar a cultura infantil, desenvolver a convivência social e permitir o prazer de brincar. A escola pode e deve utilizar estas brincadeiras em seu planejamento. Temos a amarelinha, pião, parlendas, pipa, pular corda, entre outros exemplos.
- Brincadeiras de faz-de-conta: é simbólica, permite à criança criar símbolos, resignificando objetos e sua realidade. Temos a brincadeira com bonecos(as), de casinha. Várias situações podem ser propiciadas na escola e em casa com objetos do dia-a-dia.

- Brincadeiras de construção: têm estreita ligação com o faz-de-conta. Temos os blocos de madeira (ou EVA), de encaixe (tipo "lego"), materiais de sucata (caixas, rolos, barbantes, etc).

- Brinquedo educativo: recurso que ensina, desenvolve de forma prazeroza, como: quebra-cabeça, brinquedos de tabuleiro, dominó, jogo da memória, de encaixe, móbiles, boliche, carrinhos, parlendas, brincadeiras envolvendo músicas, danças, etc. O brinquedo educativo assume a função lúdica e educativa.

- Brincadeiras virtuais: esse é um campo atual, que invadiu nossas casas e escolas ("aulas de informática") que precisa ser compreendido pelos professores e pais. Muitos softwares com jogos infantis se baseiam em jogos tradicionais (exemplo: jogo da memória), a maioria tem função pedagógica, com poucas possibilidades para a criança "criar". A criança amplia suas habilidades manuais e visuais, até auditivas se o jogo permitir, mas como é um programa, todas as respostas são previsíveis. Devemos estar atentos à qualidade das experiências proporcionadas, ao tempo de utilização para evitar o desgaste nas articulaçõe e o ocular. Não há como impedir a utilização do computador ou dos jogos, mas precisamos conversar com nossos alunos e filhos que há outras experiências além dos jogos virtuais, como as brincadeiras já citadas anteriormente.


Ao brincar, com seus pares, com a turma e mesmo sozinha, a criança expressa seus sentimentos, emoções, pensamentos, desejos e necessidades.
Converse com a criança, reserve momentos do dia para estar com ela, observe a alegria que ela tem quando brinca. A criança da Educação Infantil vai à escola ou creche para brincar, e ao brincar ela aprende, se relaciona, se socializa, observa o mundo e utiliza diferentes linguagens (corporal, musical, plástica, oral e escrita). A criança ao frequentar a Educação Infantil avança em seu processo de construção de significados, enriquecendo cada vez mais suas experiências.
Quais são os espaços do brincar? Os pais podem proporcionar estes momentos em casa, nos arredores, praças, parques, praia. Fazendo visita ao Jardim Zoológico, Jardim Botânico, museus, bibliotecas e outros espaços culturais, é possível encontrar programação para as crianças. Estes momentos devem ser de alegria, pois são essas boas recordações que ficam na memória afetiva...
A equipe da escola e creche deve pensar seus espaços do brincar, fazendo as adaptações necessárias, oferecendo boas oportunidades, segurança e acolhimento. O brincar deve ser o eixo central do planejamento. A escola deve proporcionar variados momentos, com formações diferentes, atendendo a todas as crianças. O adulto (a equipe escolar) é o mediador das relações estabelecidas entre as crianças, e delas com os objetos e/ou ambientes.
É a aprendizagem que promove o desenvolvimento, ou seja, a criança se desenvolve porque aprende. Por isso é importante planejarmos boas situações de brincadeira para as crianças.
Ao brincar a criança aprende, e assim, se desenvolve.
A Educação Infantil proporciona o brincar, garantindo aprendizagem, ampliando o desenvolvimento infantil.

" É no brincar, e talvez apenas no brincar, que a criança
 ou adulto fruem de sua liberdade de criação.
 As brincadeiras servem de elo entre, por um lado,
 a relação do indivíduo com a realidade interior,
 e por outro lado, a relação do indivíduo
 com a realidade externa ou compartilhada."
D. W. Winnicott
Organizado por Ivanise Meyer®

28/06/2008


Brincar na Escola

Brincar na escola
~~~~~~~~~~~~~
Para Lino de Macedo, o brincar aparece estruturado basicamente em três modalidades:

Jogo de exercício - movida pelo prazer, através da repetição, a criança tem como conseqüência a formação de hábitos, tornando-se fonte de significados, ou seja, de compreensão das ações. É a matriz da regularidade. Possibilita as assimilações que integram o homem ao meio. É a principal forma de aprendizagem no primeiro ano de vida. Possibilita que a criança conheça as coisas por si mesma. A estrutura do jogo de exercício faz parte fundamental das outras estruturas dos jogos. São a base do COMO das coisas.

Símbolo - caracteriza-se pelo fato de a criança considerar, "A" por "B", o conteúdo que assimilou através do jogo de exercício. A assimilação é deformante - a criança assimila como pode ou deseja. A criança se torna produtora de linguagens, criadora de convenções, firma vínculo entre as coisas e suas possíveis representações, possibilita a compreensão de convenções arbitrárias. São um prelúdio das futuras teorizações da criança. É a base do PORQUÊ das coisas.

Jogo de regra - Herda as características do jogo de exercício, pela regularidade das jogadas e do jogo simbólico, devido aos combinados arbitrários. Inaugura a assimilação recíproca por seu caráter coletivo, cuja regularidade é intencionalmente consentida, e pela busca de convenções em comum. Integra o COMO e o PORQUÊ das coisas.
Qualquer objeto colocado à disposição das crianças (brinquedos, jogos de construção, sucata, elementos da natureza, objetos do uso cotidiano do mundo adulto, tabuleiros, dados, etc.), permite que elas utilizem-no em uma ou mais dessas modalidades, ou seja, no jogo de exercício, simbólico ou regra, de acordo com suas capacidades, necessidades ou desejos.
Cabe aos profissionais de educação garantirem o espaço, o tempo e as condições para que as brincadeiras aconteçam na escola na sua essência e diversidade. A participação do educador deve orientar-se pela observação, registro e reflexão com objetivo de encontrar formas de intervenção que, mantendo a essência do brincar, tornem possível a construção de novas aprendizagens.


Bibliografia:
CAMARGO, Fatima. A importância do Brincar para o Desenvolvimento Infantil.
MACEDO, Lino de. A importância dos jogos de regras para a construção do conhecimento na escola.Universidade de São Paulo/Instituto de Psicologia/Laboratório de Psicopedagogia.

27/06/2008


Movimento: Jogos para dias de chuva

´´´´´´´´´´´´´´´´´´´´´´´´´´´
Jogos para dias de chuva
´´´´´´´´´´´´´´´´´´´´´´´´´´´
Fonte bibliográfica (adaptação):
Educação Física no cotidiano escolar,
Solange Valadares e Rogéria Araújo, Editora Fapi.
♥♥♥♥♥
1. O QUE NÃO COMBINA?
♥ Formação: Na sala de aula, o professor fará uma rodinha, com os alunos sentados.
♥ Desenvolvimento: O professor conversa com as crianças e explica que falará quatro coisas para que elas descubram uma que não combina.
Exemplos:
- boneca, bola, botão, peteca.
- sapato, tênis, bota, sabão.
- violeta, margarida, batata, rosa.
**********
2. MEU ESPELHO
♥ Formação: em duplas.
♥ Desenvolvimento: O professor explica que uma das crianças será o espelho do outro (a que imitará os gestos), isto é, todo gesto que um fizer, seu par deverá imitá-lo. O professor dá um sinal de início para começar a brincadeira. Sugestão: use música instrumental com ritmos variados para deixar a brincadeira mais divertida. Depois, o professor pedirá para que as crianças troquem os papéis.
***********
3. PROCURAR OS PARCEIROS
♥ Formação: as crianças ficarão espalhadas na sala.
♥ Desenvolvimento: O professor seleciona diversas gravuras (colar em cartolina) e recorta-as de forma que formem vários quebra-cabeças. No verso das peças de cada um dos quebra-cabeças, o professor utiliza um sinal (ou número) para marcar; observando que cada quebra-cabeça deverá ter um sinal diferente. Misturar as peças e distribuir uma para cada criança. Ao dar um sinal, as crianças observarão o sinal atrás de sua peça e deverão procurar os colegas que possuem as peças com o mesmo sinal, agrupando-se em algum espaço pela sala. As crianças deverão montar o quebra-cabeça.
Sugestão: use música instrumental como "marcadora" do tempo da atividade.
**********
4. O BARQUINHO
♥ Formação: crianças em roda ou em seus lugares. Precisa de um barquinho de papel.
♥ Desenvolvimento: O professor explica a brincadeira que consiste em repetir uma frase completando-a de acordo com o combinado: - " Lá vai o barquinho carregado de ...". Exemplo: frutas, flores, animais, etc.
A criança que recebe o barquinho, repete a frase acrescentando no final a "carga" que foi combinada (de acordo com a categoria estabelecida) e passa para o colega ao lado. E assim, sucessivamente, passando o barquinho de criança para criança, até que se esgote o que levar no barquinho.
***********
5. O BARBANTE MALUCO
♥ Formação: duas equipes de crianças em fila. Dois rolos de barbante.
♥ Desenvolvimento: Explicar a brincadeira antes. Ao sinal do professor, a primeira criança de cada equipe, passará o barbante pela sua cintura, dando três voltas, e entregará o rolo ao colega de trás, que fará o mesmo, e assim por diante, até chegar à última criança da equipe.
Quando a última terminar, começará a deserolar o barbante da cintura, enrolando-o outra vez no rolo, e assim sucessivamente, até chegar de novo na primeira criança. Será vencedora a equipe que apresentar ao professor o rolo de barbante novamente enrolado.
***********
6. ADIVINHE O OBJETO
♥ Formação: As crianças em roda ou em seus lugares.
♥ Desenvolvimento: Uma das crianças fica do lado de fora da sala. O professor combina com as crianças qual OBJETO da sala que o colega deverá descobrir. Após combinarem, o professor pede à criança que volte e lhe diz que, após fazer perguntas aos colegas, deverá tentar descobrir qual foi o objeto escolhido pela turma.
Só poderão ser feitas perguntas como:
- Ele é grande ou pequeno?
- É pesado ou leve?
- Qual é sua cor?
- É de algum colega da sala?
- É comprido ou curto?
Depois das respostas, a criança poderá fazer três tentativas de acerto. Se conseguir acertar, poderá escolher seu substituto; caso contrário, deverá pagar uma prenda (fazer uma imitação, cantar, etc). A brincadeira é reiniciada com a escolha de outro objeto.
***********
7. BARRACA DE FRUTAS
♥ Formação: crianças à vontade na sala, sentadas, se possível em roda.
♥ Desenvolvimento: Cada criança receberá um número (prender na roupa de forma que todos possam ver o número). Uma criança inicia a brincadeira dizendo:
" - Vendo frutas e tenho 12 maçãs na minha barraca."
A criança que tem o número 12 levanta-se e responde:
" - Engana-se, senhor, há 9 maçãs (ou outro número) em sua barraca."
Será a vez da criança com o número 9 ficar de pé e repetir a frase, falando outro número.
E assim por diante, até que todas tenham participado. A última criança a falar deverá dizer:
"- Senhor, não há mais maçãs em sua barraca."
Os números não poderão ser repetidos. Por isso, as crianças deverão ficar atentas!!!
***********
8. O CHAPÉU DO MANOEL
♥ Formação: As crianças ficam sentadas em rado, no centro da roda fica o professor.
♥ Desenvolvimento: Explicar as regras antes do jogo. A criança não poderá rir e nem falar, somente negar, balançando a cabeça, e apontar para outro colega.
O professor diz às crianças:
"- O senhor Manoel perdeu seu chapéu. Ele disse que uma criança achou e escondeu em sua casa. O senhor Manoel não sabe quem foi, mas eu estou achando que foi (diz o nome de uma criança)", e aponta para a criança na rodinha.
A criança não poderá rir, nem falar, somente negar (balançando a cabeça) e aponta para outro colega. O colega, por sua vez, deverá ter a mesma reação, e assim por diante.
A primeira criança que rir, ou falar, ou demorar a responder com a cabeça, pagará uma prenda, ou esperará a próxima rodada.
***********
Organizado por Ivanise Meyer®

20/06/2008


Festa Junina: brincadeira

Mini Boca do Palhaço
~~~~~~~~~~~~~~~~


Essa é a boca do palhaço "original" feita sobre uma caixa de papelão bem grandona.
A partir dessa caixa, as crianças fizeram as suas em tamanho menor usando uma caixa de leite vazia como "base".
♥♥♥
Materiais:
Caixa de leite (lavada, seca e forrada com papel branco), cartolina para o rosto, olhos e chapéu, papel laminado (nariz), papel de bala (cabelos), crepom (gravata), flor de aplicação (no chapéu), lápis de cera para decorar a caixa (antes de colar o rosto), hidrocor para desenhar os detalhes do rosto, cola, tesoura e 3 tampinhas de refrigerante.

Como fazer (esse trabalho foi realizado em 2 dias):
1 - Encapar a caixa de leite com papel branco. As crianças podem decorar a caixa com lápis cera. Caso queira, pode-se pintar a caixa com tinta acrílica.
2 - A professora deve fazer o recorte da boca.
3 - Colar o rosto (eu já dei cortado) na caixa e deixar secar.
4 - Dobrar o papel de bala e colar como se fosse o cabelo na parte de cima do rosto. Colar o chapéu por cima. Enfeitar o chapéu com a flor de aplicação.
5 - As crianças recortaram os olhos e o nariz (já dei riscado na cartolina).
6 - Colagem dos olhos, nariz e gravata.
7 - Desenho dos detalhes do rosto com hidrocor.
8 - As tampinhas de refrigerante funcionaram como "bolas". Coloquei-as dentro de um saquinho de celofane e para guardar enquanto não se joga.
♥♥♥
As crianças amaram produzir esse brinquedo!

Organizado por Ivanise Meyer®

17/06/2008


Festa Junina: brincadeira

" Bola na lata "
~~~~~~~~~~


♥ Material: latas de alumínio (vazias), papel para forrar (já recortado), lápis de cera para pintar, jornal (para fazer a bola), fita adesiva para acabamento e saco de celofane para colocar o jogo.
♥ Como fazer:
a) Pintar as folhas com lápis cera.
b) Colar na lata e fazer o acabamento com a fita adesiva. As três latas estão prontas!
c) Bola: amassar bem a folha de jornal até formar uma "bola". Passar fita adesiva apertando bem. Se precisar use 2 folhas.
d) Colocar o jogo e a bola em um saco de celofane.
As crianças se divertiram com esse jogo!!!

Organizado por Ivanise Meyer®

23/05/2008


Festa Junina: Brincadeiras


" ACERTE NA BOCA DO PALHAÇO "


Uma brincadeira que as crianças amam é a "boca do palhaço".

Essa caixa da foto foi reformada no ano passado.



Materiais: 1 caixa de papelão bem grande, cartolinas, papel de presente (forro interno), papel de bala (cabelos), flores de EVA (no chapéu), papel crepom (gravata), fita adesiva colorida (contornos), caneta hidrocor preta (detalhes), tesoura, cola e 3 bolinhas de plástico para acertar.

O molde do rosto eu fiz no "olhômetro" em rascunho, calculando uma boca bem grande... Depois passei para a cartolina laranja. Acertei o rosto na caixa e recortei a boca. Os outros detalhes foram aplicados.

A vantagem dessa caixa é que as bolinhas caem lá dentro, e dificilmente eles deixam de acertar...

Boa diversão!!!


Organizado por Ivanise Meyer®

03/04/2008


Comemoração: Dia do Índio



Cada etnia indígena tem suas brincadeiras próprias. A seguir estão alguns exemplos:

1. No Parque do Xingu no Mato Grosso, os pequenos índios Mehinaku brincam de "onça" (a que chamam de Yanokama). Uma criança se esconde no capinzal, e seu papel é surpreender as demais crianças, pulando sobre elas como se fosse o bote de uma onça.
☺☺☺
2. Entre os índios Tenetehara, do Maranhão e Pará, há um jogo chamado "caça ao veado". Um indiozinho faz o papel do veado e tem de fugir de outra criança que representa o caçador e de várias outras que representam os cachorros.
☺☺☺
3. Entre os índios Canela, do Maranhão, as crianças formam uma fila, começando pelos mais fortes e altos. Cada criança abraça forte a da frente, passando os dois braços por baixo do colega. Uma das crianças fica fora da fila e representa um Gavião. Ele vai falando com cada um da fila dizendo que tem fome e ataca sempre a última da fila. Enquanto o Gavião tenta apanhar esse último, o grupo - sempre abraçado - tenta cercar o Gavião.
☺☺☺
4. As crianças Kamayurá, do Parque do Xingu, também formam uma fila, todos sentados e abraçados ao colega da frente. O primeiro da fila se agarra firme a um toco. Um outro grupo tenta arrancar o último da fila e se utiliza de cócegas, arranhões e puxões bem firmes.
☺☺☺
5. Há brincadeiras que são representações do papel do adulto dentro da sociedade indígena. Entre os Mehinaku, as crianças fingem estar doentes e imitam procedimentos de cura dos pajés adultos. Há também a imitação do casamento, onde os meninos fingem que saem para caçar, trazem folhas representando a caça e as entregam às meninas, que fingem preparar o alimento. Esse jogo tem variações interessantes: às vezes as meninas fingem arrumar amantes enquanto o menino está fora caçando; quando este chega em casa, finge ter raiva da mulher enquanto o amante foge.
☺☺☺
6. Um brinquedo bastante comum entre etnias de todo o Brasil é a chamada "cama-de-gato", onde as crianças entrelaçam um barbante nos dedos das mãos formando figuras.


Uma outra diferença importante entre a infância dos índios e não-índios é o grau de autonomia que gozam as crianças indígenas. São sempre criadas com muita liberdade e raramente repreendidas.
Um bom exemplo dessa autonomia é mostrado em um filme chamado "Das Crianças Ikpeng para o Mundo", feito por um adolescente Ikpeng dentro do projeto Vídeo nas Aldeias. Nesse filme, dois garotos de uns 10 anos, apresentam o cotidiano da aldeia e das crianças dessa etnia, índios que vivem no Parque do Xingu. Em uma cena as crianças organizam uma pescaria. Saem umas doze crianças, com idades variando de 5 a 10 anos - somente elas - remando por um rio gigantesco até uma ilhota no meio do rio. Pescam, mergulham, brincam, e voltam remando sozinhas até a aldeia.
Em outra cena, um dos meninos pega um facão, quase de sua altura. Fica parecido com um samurai japonês. E então esculpe um aviãozinho num pedaço de madeira. São ações que fariam uma mamãe não-índia arrepiar os cabelos, mas que por outro lado fortalecem a autoconfiança do índio desde pequeno.

Fonte: www.iande.art.br


A Brincadeira do Sapo Tuxáua
Brincadeira dos índios Tukano - Alto Rio Negro, AM
☺☺☺☺☺
O Tuxáua (chefe) Sapo reúne seus parentes numa fila em sua aldeia, para perguntar o que cada um quer comer. Os sapos só podem responder mosquitos (carapanã). Aqueles que falarem outros alimentos como frutas (cuki, uacu e umari) ganham veneno do Tuxáua Sapo e morrem. Só sobreviverão os que acertarem a verdadeira alimentação dos sapos: os insetos.
Como prêmio, os vencedores farão parte do grupo do chefe.
♥ Eu fiz essa brincadeira com as crianças e elas amaram!!! Só adaptei para usar as palavras em português. Todo mundo queria o veneno do sapo Tuxáua!!!
Organizado por Ivanise Meyer®

15/02/2008


Páscoa: Brincadeiras


Coelhinho da Páscoa disse...
~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~

Versão da brincadeira do macaco disse...

Professora diz: "Coelhinho da páscoa disse para pular em um pé só!" e as crianças devem imitar até a professora dizer para parar ou modificar o pedido. Pode dizer movimentos como: gire, caminhe de frente, de costas, sentado, imitando um coelho, imitando um coelho comendo chocolate, etc.
Observação: quando a professora disser coelhinho da páscoa disse correr (sem a palavra para) as crianças devem ficar estátua. Perde ponto quem se mexer.

Caça aos Ovos
~~~~~~~~~~~


Material: Pintar 15 ovos comuns de várias cores, apenas de um lado (com guache). Escondê-los em diversos lugares com a face pintada virada para baixo. Sugestão: fazer os ovos com gesso em forma própria.

Como jogar: As crianças terão quinze minutos para procurar os ovos sem tirá-los do lugar. Nesta fase trabalharão individualmente. Após isso, dá-se papel e caneta e forma-se equipes de quatro a cinco alunos. Os grupos terão quinze minutos para enumerar onde estava cada ovo e de que cor ele era. Terminada isso o orientador caminhará com as crianças com estas indicando onde cada um dos ovos se encontra, em cada caso se observará de que cor é o ovo e a equipe que acertou a localização e a cor ganhará um ponto. Vence a quem fizer mais pontos.



* * * Outra versão da caça aos ovos * * *

Faça um chicotinho queimado ou "caça ao tesouro" com as crianças dizendo que o coelhinho da páscoa escondeu alguns ovos enquanto estavam dormindo ou enquanto estavam casa. A procura pode ser feita com a ajuda dos alunos maiores.


Onde está o coelhinho?
~~~~~~~~~~~~~~~~~



Materiais: Este jogo é ideal para o início do dia quando as crianças chegam separadamente. Coloca-se um coelhinho bem pequeno em um lugar discreto, mas visível.



Como jogar: A medida que as crianças vão chegando no ambiente pede-se individualmente que procurem o coelhinho. Cada uma deverá sair na busca, mas quando achar o coelhinho não deverá dar mostras disso, deverá discretamente sair e contar para o animador do jogo que o encontrou. Procede-se desta forma até que todos tenham encontrado o coelhinho.




Procure o par
~~~~~~~~~~


Materiais: Cartões com desenhos de ovos e coelhos. Corte pela metade e distribua entre as crianças.

Como jogar: Durante o tempo de uma música os alunos devem procurar a sua metade e desenvolva outra atividade a partir daí em dupla.

♥♥♥♥♥♥♥♥♥♥♥♥♥♥♥♥♥♥♥♥♥♥
Organizado por Ivanise Meyer ®

Nenhum comentário:

Postar um comentário